sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bolsas, Bolsinhos, Bolsões

Uma coisa que me tira do sério (ou me faz rir, dependendo do meu humor/época do mês em que estou) são as matérias reservadas "para mulheres" em sites e revistas de variedades. Todas partem do princípio de que mulher, sem exceção, sempre está bem arrumada, com o cabelo recém-saído da última ida ao templo das fofocas cabeleireiro, com a roupa impecável comprada na última coleção daquela loja cara do shopping, perfumada, linda e maravilhosa. Não que elas não existam. Você, que está agora lendo este blog, pode mesmo ser uma delas. Mas levantem as mãos todas as mulheres perfeitas que eu conheço e ainda não encherão um salão de beleza.

Mas, como boa leitora compulsiva de porcarias na internet que sou, sempre dou uma checada nas "dicas de beleza" (que nunca vou seguir) que alguns sites publicam. A última dica a me chamar a atenção tinha como título "Como passar o esmalte sem borrar", e era um vídeo de uma série de soluções simples para problemas cotidianos. Como, enfim, no fundo ainda sou mulher e não gosto de gastar com manicure, fui xeretar para ver se tinha alguma coisa interessante que eu pudesse usar. 

A dica, explicada neste vídeo, começa com uma historinha bem cotidiana para ambientar as interessadas: Imagine que você tem um encontro com aquele gato (linguagem de Revista Capricho detectada, primeiro sinal de alerta), mas não teve tempo de passar na manicure para fazer as unhas. Você então põe uma roupa e sai correndo, quando percebe que o esmalte que você está usando não combina com o vestido (momento "esmalte tem que combinar com o vestido" detectado, segundo sinal de alerta). Já dentro do ônibus em movimento, o que você faz? Simples! Você saca imediatamente de dentro da bolsa o esmalte ideal para o vestido e um objeto com o tamanho e formato de uma bola de tênis (ou uma própria, "caso você esteja voltando do clube" - de vestido.) para segurar e dar firmeza às mãos enquanto pinta as unhas.

Certo. Obrigada, excelente dica. Minha única dúvida é: Quantos objetos do tamanho e formato de uma bola de tênis você carrega casualmente na sua bolsa? Tudo bem que diz a lenda - e há relatos de fontes confiáveis - que de uma bolsa de mulher pode-se tirar praticamente tudo, mas eu duvido muito que alguma ande com uma bola de tênis, assim, como quem não quer nada.

Bigger on the inside?
A regra geral, defendida por estudiosas do mundo inteiro, é que mulheres carregam na bolsa tudo aquilo que consideram que um dia poderá ser crucialmente útil. Celular, carteira, óculos de sol são itens básicos - carregados até mesmo pela maioria dos homens. Protetor solar, caneta - às vezes mais de uma, para o caso da primeira falhar - e pelo menos um absorvente extra just in case são coisas que você vai usar com certeza uma hora ou outra. Um pacotinho de bala ou chiclete para aqueles momentos em que precisar refrescar o hálito, uma escova de dentes, um espelhinho. Dependendo da preferência da dona, um ou muitos itens de maquiagem (na minha, lápis, rímel e um batom que nunca uso). Chaves da casa e, se for o caso, do carro. Colírio não pode faltar para quem usa lentes ou passa muito tempo em frente ao computador. Um bloquinho de notas ou um caderninho, porque nunca se sabe quando você precisará anotar alguma coisa ou terá aquela inspiração para escrever. MP3 player, fones de ouvido e/ou um livro para momentos de tédio ou quando você precisar esperar por alguém. Durante o verão é imprescindível a presença de um guarda-chuva. Há também quem não saia de casa sem uma garrafa d'água. E, caso você tenha um namorado ou marido, celular, carteira, óculos de sol e tudo mais que ele quiser levar ("Põe na sua bolsa, amor?").

Mas, a não ser que você seja uma tenista profissional, quais são as chances de você ter, agora, uma bola de tênis na sua bolsa? Revirei a minha umas duas vezes. Não. Nada que sequer lembre uma.

A dúvida que me assombra é: estes vídeos de "dicas" ou são feitos por mulheres perfeitas que descobriram a tecnologia dos Timelords e conseguem carregar até bolas de tênis dento da bolsa ou por homens que vão fundo demais na crença de que mulheres carregam - e devem carregar, se quiserem ser mulheres lindas e femininas - a casa inteira e mais um pouco na bolsa. Baseado no narrador, acho que já sei a resposta.



Update: Falando em bolsas e "bigger on the inside", navegando pela internet acabo de me deparar com isso. Acho necessário e fica a dica pra quem quiser me dar presente de Natal. 

6 comentários:

Geovana Luzia disse...

Mano, eu tenho aquelas bolinhas para doar sangue, sabe?

Vou pôr LINDA na minha bolsa do Félix pra eu me sentir uma mulher completa.

q

HAHAHAHAHA.

Ótimo post, como sempre, SUAS NÃOCLARICE.

Caranguejo Excêntrico disse...

A minha bolsa, dizem por aí, tem um quê de itsbiggerintheinsidefeelings.

Dando uma olhada rápida, agora, encontrei, além dos itens que você mencionou, alguns cigarros aleatórios, um isqueiro com um rótulo de cerveja colado nele, um fone de ouvido quebrado, uma colherinha de café (?!), elásticos de cabelo, um batom derretido, papel higiênico, um chocolate amassado *pausa* um papel de chocolate amassado, e uma canetinha hidrocor vermelha.

Puxa, que pena, nada de bolas de tênis, veja só. Ou de esmaltes multi-funcionais que combinam com qualquer vestido.

Aliás... esmalte realmente tem que combinar com o vestido? Sério que você, amigo homem que por acaso ler isso aqui, repararia, num primeiro encontro, se as unhas da moçoila que está paquerando estão combinando com a cor da roupa dela?

Essas matérias me dão medo, fiah. Fazem as mulheres ficarem paranóicas por qualquer bobagem. "Ah meu deus, meu esmalte é vermelho-cereja-madura-meio-passada-do-tempo e meu vestido é vermelho-cereja-madura-que-ainda-não-passou-do-tempo, tá tudo errado, ele nunca mais vai querer olhar na minha cara, eu sou uma desleixada, vou morrer sozinha, ai de mim, blá blá blá wiskas sachê."

A dica é até boa, poxa, mas precisa de uma historinha infame como essa pra ensiná-la?
Serião, manow. Pra quê? XD

Caranguejo Excêntrico disse...

E, porrân, eu me empolgo pra escrever comentários no seu blog. Haha XD

Tati Leutwiler disse...

Cadê botão de "curtir" em comentários de blog? Ah, gente, cês são lindas! E Ka, eu MORRI de rir com a descrição dos itens da sua bolsa! xDDD

Erik Scott disse...

Bem, sinceramente, nunca vi uma mulher carregar tantas coisas assim na bolsa, mas fico imaginando o que exatamente elas conseguem fazer pra carregar tudo isso naquelas bolsas de festa sabe, aquelas assim, fininhas???

Como um espécime do sexo masculino, apesar de não sentir as mesmas atrações, posso sim dizer que a duvida sobre a combinação do vestidos com esmaltes ou qualquer outra coisa que se queira combinar não faz a menor diferença, agora se quiser perguntar se o tamanho do decote será notado, pode ter certeza que sim, pois é a única coisa que será reparada durante e lembrada após, se mal conseguimos nos lembrar de datas que qualquer mulher jamais esqueceria, ou reparar em cortes de cabelos, querer que reparemos e adivinhemos que o vestido vermelho-nasci-para-matar-e-conquistar-o-mundo-todo com o vermelho-paixão-estou-totalmente-pronta-para-tudo-mas-sou-totalmente-inocente, nunca será reparado, e se, preste bem atenção, e se sai algum comentário do tipo, elogiando o conjunto, saiba que é apenas por educação, e não exatamente porque entendemos o fato de tudo estar tão bem combinado... ou se deveria estar combinando tão bem.

Enfim, se essa é a visão da situação que tenho, sendo que ao que dizem meus genes deveriam ser aptos para reparar nisso mais do que outro qualquer, imagine o que se passa pela cabeça de todos os outros homens!

E parabéns pelo post, como sempre me fazendo rir pacas.

Caranguejo Excêntrico disse...

Em tempo: EU QUERO UMA BOLSA IGUAL A ESSA! *_*